sexta-feira, 25 de junho de 2010

IBERÊ INAUGURA UMA DAS MAIORES IMAGENS DO MUNDO

OBRA FOI INICIADA POR WILMA DE FARIA

O governador do Rio Grande do Norte (candidato à reeleição), Iberê Ferreira (PSB) inaugura no sábado, dia 26.06, o maior monumento do continente americano. Trata-se da imagem de santa Rita de Cássia, padroeira católica da cidade de Santa Cruz-RN. Muitos moradores do lugar acreditam estar vivendo um sonho. Parecia mesmo impossível surgir, em pleno sertão nordestino, castigado pela seca e pela fome, um monumento maior que o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, e a Estátua da Liberdade, em Nova York, nos Estados Unidos. A contrução foi iniciada em 2007, quando a ex-professora Wilma de Faria governava o Estado, e agora, três anos depois, fiéis católicos e curiosos peregrinam pelo local antes da inauguração oficial, marcada para amanhã, só para ver bem de perto a madrinha do sertão.
À ela, santa Rita de Cássia, o governador Iberê Ferreira credita a cura de um câncer que lhe acometeu logo que assumiu o governo do Estado no final do mês de março. 
Com 50 metros de altura, a imagem carrega na mão direita uma cruz de 10 metros e na esquerda um resplendor de sete toneladas. Tem mais que o dobro da estátua de padre Cícero (27 metros), localizada em Juazeiro do Norte, no Ceará, símbolo da fé católica nordestina.  
O complexo turístico religioso foi ideia do ex-prefeito Luiz Antônio Lourenço de Farias, o Tomba - candidato a deputado estadual, e dos padres da cidade. O escultor Alexandre Azedo, que projetou o memorial de frei Damião, na Paraíba, foi convocado para a missão. Com recursos públicos (Governo do Estado e Governo Federal-Ministério do Turismo), o projeto saiu do papel. Custou R$ 3.774.063,76. A obra ficou nove meses parada e o Ministério Público Estadual (MPE) questiona a relevância do projeto para o município. Segundo o inquérito, a prefeitura não tem recursos suficientes nem para a manutenção da infraestrutura básica do município.  
O complexo terá uma capela, sala de promessas, praça do romeiro, auditório, restaurante, lanchonete, lojinhas, mirante e um amplo estacionamento está sendo aberto.  O atual chefe do Executivo municipal, José Péricles Farias da Rocha, primo de Tomba, comprou a ideia. Acredita que vai transformar a cidade no novo roteiro de peregrinação religiosa nordestina.
De qualquer ponto da cidade, é possível avistar a imagem. Da estrada, a maior estátua católica do mundo, segundo os construtores, chama ainda mais atenção. E, lá do alto, se vê ao longe. Um rio, vales e nenhum sinal de civilização, tirando as poucas casas da cidade, que agora formam um verdadeiro arco-íris. Santa Cruz, fundada em 1825, fica distante de qualquer outro centro urbano. Em outros tempos, foi chamada de Santa Rita da Cachoeira e depois Vila Trairi, por causa do ribeirão que passa no local. Porém, os moradores sempre foram fiéis à santa Rita de Cássia. A primeira capela da cidade foi dedicada à padroeira, tendo a primeira imagem vindo do Ceará. 

5 comentários:

Jusiel Albuquerque disse...

Quanta ignorância...

cese gomes disse...

concordo plenamente com vc caro amigo....

Charlles Oliveira disse...

VERGONHOSO!!

JOSEMI disse...

Jailson,

Estou acompanhando seu blog.
De muita qualidade suas ideias e provocações.

Josemi - CS

Anônimo disse...

Orgulho do do ru]io grande do norte.
Condordo plenamente, Valorizando a fé do povo de Deus...