quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

CERCA DE 70 OBREIROS PARTICIPAM DE REUNIÃO DA CEADDIF

EXPECTATIVA É QUE NOVO MINISTÉRIO ABRA AS PORTAS NA CAPITAL EM TRÊS MESES

Obreiros de várias cidades do RN participaram na noite da terça-feira, dia 10 de janeiro, da reunião de implantação da Convenção Evangélica da Assembléia de Deus no RN, CEADDIF/CGADB. A Assembléia contou com a presença de 70 obreiros, entre os quais um grande número de mulheres, e mostrou que a implantação da nova Convenção deverá ocorrer com uma grande adesão de obreiros por todo o Estado.
Para o pastor Gedeon Pereira, um dos líderes nacionais da CEADDIF/CGADB, "o dia 10 de janeiro de 2012 marca uma mudança na história da Assembléia de Deus no Rio Grande do Norte e, mais ainda, marca o inicio de uma nova história para todos os obreiros que, de alguma forma, estavam sub-valorizados".
Ficou patente na reunião que o novo ministério será impulsionado pela força feminina que, pelo Estatuto da CEADDIF/CGADB, podem receber a ordenação pastoral.
Na próxima semana o pastor Gedeon Pereira receberá em um auditório da cidade de Mossoró-RN os obreiros da Região Oeste do RN.
Pastores, Evangelistas, Presbíteros, Diáconos, Auxiliares e Missionárias de vários municípios procuraram o pastor Gedeon Pereira solicitando informações sobre a implantação da nova Convenção e Ministério.
Na reunião/assembléia de ontem, dia 10 de janeiro, os obreiros do Estado do RN tomaram conhecimento do Estatuto da CEADDIF e formalizaram o cadastro no novo Ministério.

5 comentários:

WELLINGTON disse...

Como vamos dizer? Sejam bem vindos em nome de Jesus!!!! Os irmaos sintam-se Á VONTADE. TEM MUITO TRABALHO A SER FEITO.

FOTO REPORTERN disse...

Para mim, que não tenho a ambição do poder pelo poder. Não desejo ser pastor nem ali, nem aqui. Salvo o que já sou em Cristo Jesus (Servo). Não faz a mínima diferença a chegada de este, ou aquele ministério. Uma coisa é ser pastor com certificados e diplomas de teologia. Outra coisa é fazer a obra de um pastor. E isto eu posso fazer mesmo não sendo reconhecido aqui na terra. Mas terei o reconhecimento no Reino dos Céus. Espero que estes não venham simplesmente em busca da lã das ovelhas. Porque aqui, o que não falta é denominações e igrejas, e lideres que só buscam os dízimos dos Cristãos. Mas se estes vieram para ajudar as ovelhas de Jesus. Sejam bem vindos! Quanto ser ligado a CGADB, como muitos estufam o peito para dizer esta sigla. Acho a mesma vaidade dos que na idade média estufavam o peito para dizer que eram ligados ao Vaticano.

Laurivan de Sousa

Vieira disse...

A Seara é grande e são poucos os ceifeiros, Vamos por em prática o Ide Do Senhor Jesus, de pregar o Evangelho a toda criatura. Fiquer todos na Paz do Senhor Jesus.

Bob Maia disse...

Nós evangélicos somos conscientes que fomos tirado de dentro para fora do mundo. Somos segundo a palavra de Deus: Sal e Luz! Então por quê seguimos a Roma? que não presta contas ao FISCO? as Igrejas Evangelicas são dispensadas porque Roma é isenta. Como somos Sal e Luz, fazemos a diferença, nada mais honesto que as Igrejas evangelicas prestarem contas ao Fisco, pois se continuar como estar, qual a nossa diferença de Roma? Outro erro visto por nós cristãos existente dentro das igreja Evangelicas,esses cometidos por pastores: no mundo existe a Academia de Letras, "dos imortais", os pastores escritores evangelicos imitando o mundo, criaram a Casa Emilio Conde, para serem "imortais"? pergunto: Onde está a diferença entre Roma e a Igreja Evangelica? "Vaidade, tudo é vaidade". João 3:16 explica o que os pseudos imortais não compreenderam.

Gabi-Net Pastoral disse...

Sou o Pastor Wilson Barboza da Silva, autor da proposta que abriu às mulheres a oportunidade de serem reconhecidas como pastoras - as que realmente o são - . Como amigo do Pastor Gedeon e de sua Igreja, louvo pela visão ampla do evangelho sem limites geo-políticos. Mas também agradeço a Deus por sua vida por ter anunciado respeitosamente as boas-novas do componente feminino com a atual dimensão. Sabemos devagar quem são aqueles que passam já a considerar em alta estima essa visão que pude ter e que a CEADDIF acolheu da forma mais elegante e civilizada. É para o reino de Deus, então que também nisto Ele seja louvado.