domingo, 11 de março de 2012

PASTOR PRESIDENTE ANUNCIA DIA 15 NOVO PASTOR DE MOSSORÓ

Foto: Pr. Edinaldo Domingos
PASTOR MARTIM ALVES SE DESPEDE DA IGREJA DE MOSSORÓ INDICANDO SEU SUCESSOR

O pastor Martim Alves, presidente da Igreja Evangélica Assembléia de Deus no Estado do Rio Grande do Norte - IEADERN, voltará a Mossoró no próximo dia 15 de março, quinta-feira. Na oportunidade deverá se despedir da igreja que pastoreou por 19 anos e anunciar o nome do seu sucessor.
No Culto de Despedida espera-se o comparecimento de caravanas de toda a Região Oeste do RN e pastores de todo o Estado. Além da expectativa diante da primeira visita do pastor presidente a cidade está o interesse de todos em tomar ciência do nome do novo pastor da maior igreja do Estado, Mossoró.
Apesar de haver um clima de expectativa, 10 em cada 10 obreiros e membros acreditam na indicação do pastor Francisco Cícero de Miranda.
Pastor Miranda é um dos mais conceituados pastores da IEADERN, tendo sido missionário na Guatemala e pastoreado várias cidades do RN, entre elas Ceará Mirim, Santa Cruz, Jardim de Piranhas e, atualmente, Assu.
É casado com a irmã Núbia Miranda e tem três filhos: o pastor Wendell Miranda (AD no Estado do Ceará), Weldeny e Wenderly.
Daqui fico torcendo que a vontade de Deus seja feita e que a igreja de Mossoró receba o novo pastor de braços abertos, como sempre fez.

11 comentários:

Pb Fernando disse...

A Deus seja a glória!

Pastor Edinaldo Domingos disse...

A foto caiu muito bem nesse texto. (Também, só podia! feita pelo fotografo do blog "não é da Conta de Niguém" rsrsr)

Gostei da Expressão: " 10 em cada 10 obreiros e membros acreditam na indicação do pastor Francisco Cícero de Miranda." Tenho também constatado isto, já a algum tempo.


Um forte abraço.

pr-edinaldodomingos.blogspot.com

natal em cristo disse...

vamos ver sr tudo que está acontecendo está na vontade de DEUS. Pb. francisco

natal em cristo disse...

bom dia jailson na paz de jesus,...eu não vie vc fazer o comentário desta eleição como cientista politico? ora 360 eleitores veja 48 disseram não a MARTIN não vindo votar Abstenção mais 10 votou em branco tbm. disse não a MARTIN e 122 votou em IVAN em protesto a MARTIN some 48 + 10 +122 = 180 votos igual aqueles 180 válidos de MARTIN observe que 190 contabilizado para MARTIN é que somou os 10 em branco metade dizendo não a ele com toda estrutura da ieadern,jácome e todos que não queria peder os CARGOS outro DADO É QUE O BEM MAIS PRECIOSO DA IGREJA É A UNÇÃO DE ANJO QUE ELE NÃO RECEBEU DO ANJO Pr. SANTANA pois o ANJO NÃO QUERIA ELE pelo menos agora então sem esta unção e metade dizendo não A ELE SERÁ UM GOVERNO DE SAUL POIS O ESCOLHIDO FOI REJEITADO POR SAUL E AGORA VAMOS VER O QUE VAI PREVALECER,.. LEMBRE-SE QUE 01 obreiro vindo para posse de MARTIN foi a ÓBTO e ai ninguém comenta nada são acontecimentos que pode etá ligado ou NÃO A ESTA TOMADA DE PODER COMO FOI FEITO. um abraço na paz. pb. francisco

Uma voz que clama disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anom disse...

Caros Irmãos

Alguém poderia me informar se foi convidado para pregar no templo central um pastor que ficou com os 22.000,00 da Igreja?

Pb Fernando disse...

Irmãos falem o nome desse pregador!

David Lopes disse...

Lamentável. Com Miranda em Mossoró e Alfredo em Assú a politicagem toma de conta da região oeste. Agora, nós, que somos ovelhas da região, estamos a mercê destes dois homens, que são mais políticos do que pastores. VEM LOGO SENHOR!

David Lopes disse...

Continuando...

Na despedida do Pr. Martim ocorreram algumas coisas dignas de se pontuar:

A) O Pr. Alfredo, quando teve a oportunidade de saudar a igreja, perdeu o prumo se auto-elogiando, falando de sua função na comissão eleitoral, afirmando que não houve compra de voto e classificando Pr. Martim como "invisível". Além disso continuou a sua saudação dizendo que só conhece Pr. Martim quem precisa dele;

B) Após às 22h, a igreja ainda contava com um bom numero de pessoas e, quando o Pr. Martim anunciou Miranda o silêncio reinou. Nã escutei sequer um "glória a Deus". O Martim, percebendo o silêncio, passou a elogiar Miranda, contando a sua vida, tentando o promover. O que se viu neste momento foi a debandada de vários obreiros, que afirmavam que aquilo não era de Deus.

Uma voz que clama disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Urbano Azevedo disse...

Acho que todos já sabiam que Miranda assumiria Mossoró. Gostaria que Martin pronunciasse em reunião pastoral um parecer em relação a este tão famoso pregador que esta sendo tão falado a cerca de 22 mil reais de um tal seguro que pertencia a AD e que tão maquiavelicamente foi desviado para onde ninguém sabe. só com uma informação vinda da diretoria as pessoas ficariam satisfeitas e parariam de comentar neste assusto tão desagradável.