terça-feira, 11 de maio de 2010

PARTIDO NEGA LEGENDA A PASTOR DE BRASÍLIA

 COMPROMISSO DO PTdoB É COM CANDIDATURA A FEDERAL

O pastor Egmar Tavares está filiado no PTdoB. Antes de ingressar no partido do competente presidente Paco, Egmar aceitou a condição de sair candidato a deputado federal nas eleições de 2010, até porque ele foi candidato em 2006 e foi bem votado, apesar de não ter conseguido se eleger.
Entretanto nos últimos dias, o pastor que preside uma grande igreja da Assembléia de Deus no Gama, decidiu se lançar candidato a deputado distrital, o que contrariou aos demais candidatos que não aceitam a mudança de regra durante o jogo eleitoral. “Ninguém aqui no PTdoB quer ser escada de Egmar para se eleger distrital”, afirmou um candidato contrariado com a nova postura do colega.
O presidente Paco Brito não gostou e no último fim de semana, foi à Goiânia e anunciou ao pastor e deputado federal Manoel Ferreira, presidente das igrejas Assembléia de Deus do Campo de Madureira, que não dará legenda para Egmar se ele insistir em ser candidato a deputado distrital.
Se ele quiser manter o compromisso e sair candidato a deputado federal, tudo bem, terá legenda. Caso contrário nem será candidato”, avisou irritadíssimo com a mudança de comportamento de Egmar, o presidente do PTdoB no DF, Paco Brito.

2 comentários:

sargentolincoln disse...

PR LINCOLN Disse:

SERÁ QUE O GOV. RORIZ, QUE PEDIU A PRESIDENCIA DO PSC AO PR. EGMAR ,VAI GOSTAR DISSO QUE O SENHOR PACO ESTÁ FAZENDO ? VAMOS VER A SUA RESPOSTA SOBRE ISSO,EM BREVE.

sargentolincoln disse...

Queridos politica por incrivel que pareça é uma ciencia exata, todo e qualquer presidente de partido teria ,que racionalmente, analisar os numeros pastor Egmar 34.000 votos para federal no passado, com queda de 50% para Deputado distrital em 2010 já esta eleito, olair 5000 no passado que mantenha podera ser eleito embora entrou para ser Dep. Federalno paratido, se a nominata do partido manter uma media em votos comprovados é so fazer a matematica, ganha todos os candidatos, ganha o partido e ganha o presidente, a postura do presidente ao meu ver tem que ser sem emoção e sim com a razão, sejamos prudente Sr Presidente paco .