terça-feira, 17 de julho de 2012

57 ANOS DE PORTAS ABERTAS PARA O IDE

ORGANIZAÇÃO ATUA DANDO APOIO A IGREJA PERSEGUIDA

O mês de julho marca o início do ministério da Portas Abertas. Tudo começou em 1955, quando o irmão André viajou da Holanda, onde morava, para a Polônia, e distribuiu livros cristãos para a Igreja, que era oprimida no país.
Hoje, 57 anos depois, o trabalho cresceu e sofisticou-se. Em vez de malas com Bíblias, uma caixa com pen drives. Em vez de um saco de alimento, ajuda para montar seu próprio negócio. Entretanto, ele permanece o mesmo em sua essência. O foco ainda é fortalecer "o que resta e está para morrer" (Ap 3.2).
Você pode também fazer parte desta bela história, por meio de suas orações, doações e, principalmente, engajamento com a causa da Igreja Perseguida.
Hoje em dia, quase qualquer celular reproduz vídeos em formato MP4. E a maioria tem softwares que leem arquivos de texto. Isso facilita a produção da Bíblia em formato digital, pois é necessário fazê-la em apenas um formato, em vez de ter de produzir uma Bíblia específica para cada marca de aparelho celular.
Um obreiro da Portas Abertas explica como a Igreja Perseguida tem se beneficiado dessa tendência: “No Oriente Médio e no Norte da África, por exemplo, há países que consideramos fechados. Não é possível entrar com Bíblias facilmente, e para ex-muçulmanos, pode ser perigoso carregar uma Bíblia impressa.”
Pensando assim, ter uma Bíblia no seu celular é mais seguro e fácil de usar. Em nossa região, todo mundo tem um celular, e quanto mais funções ele tiver, melhor.
O obreiro continua: “Em algumas línguas, há também a opção da Bíblia em áudio. É muito simples produzir versões como essas para celulares e MP3 players. Isso é bastante útil para analfabetos; e para quem foi criado dentro de uma cultura oral, ouvir uma história é mais importante do que ler”.
Ele acrescenta que com a facilidade de se adquirir cartões de memória para celular, é possível ter conteúdo de áudio, vídeo e texto dentro de um único cartão.
O mundo hoje é atraído mais pelos recursos visuais. Vídeos curtos sobre a vida de Jesus, ou sobre os princípios do evangelho são bastante influentes e causam impacto na vida das pessoas. E com as tecnologias wi-fi e bluetooth, os cristãos podem transferir qualquer um desses arquivos sem nenhum problema, e sem precisarmos de uma produção em massa!
É fantástico”, o obreiro conclui, “ver como toda essa tecnologia pode ser usada de maneira extraordinária para o Reino de Deus!”.

Um comentário:

Siloé disse...

QUE O NOSSO DEUS TODO PODEROSO CONTINUE ABENÇOANDO O PORTAS ABERTAS E TÃO SOFRIDA IGREJA PERSEGUIDA.