sábado, 21 de julho de 2012

IMPACTO TIRA ADENÚBIO DA DISPUTA ELEITORAL

VEREADOR EVANGÉLICO RETIRA CANDIDATURA EM FAVOR DA ESPOSA

O vereador evangélico Adenúbio Melo (PSB) anuncia que não disputará a reeleição. O anúncio da desistência já foi protocolado no Tribunal Regional Eleitoral e o vereador deverá comunicar aos seus apoiadores que a sua esposa, Janderre Melo, é que irá enfrentar as urnas em seu lugar.
O vereador Adenúbio Melo é réu no processo que originou-se com a Operação Impacto e foi condenado a 06 anos e 08 meses de prisão pelo crime de corrupção passiva nas penas do art. 317, caput, e § 1º do Código Penal (solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem).
Sua esposa, Janderre Melo, já havia registrado candidatura pelo Partido Verde e aguardava, a qualquer hora, substituir Adenúbio Melo no pleito deste ano.
A situação política de Adenúbio Melo era bastante complicada. Desde o início da gestão da prefeita de Natal, Micarla de Sousa (PV) que ele integrava a base de sustentação política do governo municipal, indicando pessoas de sua confiança para o exercício de cargos públicos. Chegou a integrar na Câmara Municipal o grupo que fazia oposição radical ao ex-prefeito Carlos Eduardo (PDT) que, num processo ainda sem conclusão, foi condenado a perda de direitos políticos pela CMN.
O seu partido, o PSB, sempre bateu de frente com a prefeita Micarla de Sousa e, era de se esperar, chegaria o dia em que Adenúbio Melo teria que optar entre o seu projeto político e o projeto da prefeita.
Caiu como uma luva a desistência da prefeita Micarla de Sousa à reeleição. Adenúbio Melo não teria que acender uma vela pra Micarla e outra para o seu partido. Mesmo a contragosto, engoliu a coligação de seu PSB ao projeto do ex-prefeito Carlos Eduardo.
Agora, com a proximidade do julgamento final da Operação Impacto, Adenúbio Melo joga a toalha.

5 comentários:

Bob Maia disse...

A minha saudosa Mãe, dizia com muita propriedade que: Quem não deve, não teme.Essa desistência do Vereador Adenúbio Melo, do PSB, é uma confissão da sua quebra de conduta parlamentar e cristã, pois a Bíblia nos ensina que devemos ser submisso as autoridades, pois todas elas são constituídas por Deus e ele foi desobedientes as Leis dos homens, quanto mais a Lei de Deus!. Agora o que mais me impressiona, como sendo eu assembleiano a mais de 50 anos, membro dessa denominação e batizado com o Espírito Santo, conheço o circulo de oração de felipe camarão até a Igreja central e nunca encontrei a Irmã Janderre Melo em nenhum desses eventos menos ainda visitando o Giselda Trigueiro, ou em visita ao Onofre Lopes, ou ao Hospital Walfredo Gurgel, nem tão pouco trabalhando na Instituição Bom Samaritano.Gostaria que o Pastor Assessor do seu marido Adenúbio Melo, não a leve para o templo como fez com a prefeita Micarla com o intuíto meramente eleitoreiro, o Pastor sabe de quem eu estou falando e apartir de Janeiro estará desempregado pois terminará o mandato do vereador e ele deixará de ser assessor, e vem bem a calhar pois nesse período existem as trocas dos coordenadores dos setores e pelo seu procedimento ele vai ser dirigente de uma sub-congregação, assim que nós os assembleianos esperamos.E em Nome de JESUS peço aos crentes que não voltem na Irmã Janderre Melo, para que ela não siga o mesmo caminho do marido e seja condena pela justiça do homem e pela justiça do justo Juiz, pois com certeza "se" por acaso essa irmã conseguir se eleger vereadora, mais uma vez seremos obrigados a servir de pedra de tropeço pelo erro que fatalmente cometerá, pois quem irá orientá-la politicamente é o mesmo que hoje esta impedido pelo TRE-RN, por ter se envolvido na operação impacto. Melhor seria que a senhora irmã Janderre Melo fosse visitar os enfermos nos hospitais, nos lares, as viúvas, os orfaos, pois com certeza a sua recompensa será maior e se permanecer fiel até o fim não perderá a coroa que lhe está reservada.Que Deus nos ajude a não ter essa irmã como vereadora eleita, para que sua alma não se perca. Que Deus tenha misericórdia da noiva do seu Filho que estar sendo tratada como uma prostituta por aqueles que deveriam zelar pelo atraviar da noiva de Cristo, pois Jesus em breve vem. Amem!!!

Bob Maia disse...

"O vereador Adenúbio Melo é réu no processo que originou-se com a Operação Impacto e foi condenado a 06 anos e 08 meses de prisão pelo crime de corrupção passiva nas penas do art. 317, caput, e § 1º do Código Penal (solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem".QUE ISSO SIRVA DE EXEMPLO PARA AQUELES QUE, SÃO CRISTÃOS E SE ENVOLVEM EM "POLÍTICA PARTIDÁRIAS" OU POLITIQUEIROS DE PLANTÃO, QUE FREQUENTAM NOSSOS TEMPLOS COM O ÚNICO OBJETIVO: SE ELEGEREM E DEPOIS SUJAR O NOME DA DENOMINAÇÃO! SERÁ QUE ESSE IR. ADENÚBIO MELO VAI SER ENQUADRADO PELO ESTATUTO DA (IEADRN)? OU POR SER UM GRANDE "DIZIMISTA E OFERTANTE DE PESO E QUE TEM UMA CARRETA, QUE "SE" DIZ FAZENDO CRUZADA" VAI SER EXIMIDO DA DISCIPLINA?" SERÁ QUE VÃO RASGAR O ESTATUTO DA (IEADERN) EM DETRIMENTO DO :VEREADOR ADENÚBIO MELO? MARANATA!!

Siloé disse...

fico impressionado com tais condutas de pessoas que se dizem cristão, ainda bem que ele desistiu, que os outros que também foram condenados façam o mesmo. Pois são vergonha no meio evangélico hoje.

Pb Fernando disse...

Seria ótimo se nosso estatuto fosse cumprido na íntegra. É uma pena constatarmos que o mesmo é usado apenas para beneficiar uns em detrimento de outros.

ADSudoeste Natal disse...

Lendo estes comentários, vejo como há desinformação em nós Evangélicos. Comentamos o que não tempos certeza. Vejo a razoabilidade do conhecimento de muitos. Alguém já leu os autos do processo? Sabe-se realmente o que ocorreu? ou é conversa de janela? Se existe um candidato ficha suja, de acordo com a Lei, este é o candidato a Prefeito. Justo ele que começou tudo isso. Sei que nem todos são santos, porém nem todos são ativos. Falo do que tenho certeza, e não do que suponho. Outra coisa, já vi, e repito, já vi, e não li, e nem ouvi, afirmo, já vi, muitos pastores solicitarem as carretas, caminhões e outras vantagens, sem dá um Real, para auxiliar na compra do combustível, ou outras coisas afins, e sempre conseguiram. Inúmeras cruzadas realizadas com material deste, tal vereador, que agora não serve, pois na boca de muitos é corrupto, e o que me chama a atenção, é que a Líderes de Igrejas de várias denominações, tanto pequenas, como grandes, inclusive, as CENTRAIS, nunca avaliaram de onde vinha a BENÇÃO, e sim, para onde iria, ou seja, não importa a fonte, o que importa é que nos servirá...Acho que se é tão maldito, ou pecador, ou ainda, Anátema....Tal recurso vantajoso, não deveria ser procurado, pelo contrário, deveria ser seguido o que diz a Bíblia acerca da CIDADE DE JERICÓ vocês não acham???? Mas nós somos mesmo ingratos....O Homem é ingrato até com Deus. Quando Jesus disse que Antes de falar do cisco no olho do nosso irmão, que nós tiremos a trave do nosso. Portanto, não é assim que devemos proceder, todos nós somos passivos a isso, e que Deus é Juiz de todos, e não nós. Obrigado. Pr. Alex.